Descrição

Aids é um fenômeno multifatorial e complexo que desafia os portadores, pesquisadores e profissionais da saúde a conviverem com as várias limitações impostas por ele, como o aumento do número de casos, a inexistência da cura e o preconceito da sociedade. Além das consequências físicas, ela repercute no âmbito emocional e nas relações sociais do sujeito por ser uma enfermidade que não tem cura e que carrega em seu histórico a temeridade de morte iminente e (ainda) desencadeia reações de discriminação, preconceito e exclusão social.

Termo de referência

1 volume
320 páginas
16 x 23
Colorido
Brochura

Autores